O que está buscando?

Depressão x Atividade Física

Saiba como a prática de atividade física pode auxiliar sua saúde mental

 Por: Professor de atividades esportivas do SESI-SP, Emerson de Souza Machado
01/09/202017:31- atualizado às 17:31 em 01/09/2020

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a depressão será uma das maiores causas não só de mortalidade, mas de incapacidade sobre a população mundial. 

A depressão é caracterizada pela falta de vitalidade, sentimento de tristeza, insegurança, culpa, pessimismo e negatividade. 

Porém a depressão pode ser tratada e até revertida e a atividade física é considerada essencial para o bem-estar e tratamento da doença. O exercício físico realizado de forma regular tem a capacidade de melhorar o humor e fazer com que o sentimento de tristeza e o estresse diminuam. Isso ocorre porque ao praticarmos atividade física liberamos o hormônio endorfina, conhecido popularmente com o hormônio da felicidade. 

Não é à toa que atividade física tenha virado prescrição médica. Estudos reforçam o poder da atividade física para o bem-estar psicológico. Experimentos recentes demostraram que a prática de atividade física estimula o crescimento de células nervosas no hipocampo, região do cérebro que rege a memória e o humor. 

Segundo Felipe Schuch, doutor em psiquiatria, a superação da doença tem a ver com regeneração neuronal. 

Mas afinal, qual atividade adotar? 

Especialistas indicam que o ideal é que o indivíduo procure atividades que proporcionem prazer. Não se trata de atividades esportivas fechadas e com alto índice de esforço e complexidade.  

De acordo com Luiz Socca, membro da Associação Brasileira de Psiquiatria, uma sugestão é praticar 150 minutos de atividades aeróbicas por semana, divididos por, no mínimo, três vezes por semana. 

A caminhada, em lugares arejados e arborizados, tem sido indicada pelos médicos já que, além dos benefícios advindos do exercício físicoo indivíduo se beneficiará, também, de outros fatores importantes, como a exposição a luz solar. 

Agora que já sabe dos benefícios que a atividade física proporciona, não deixe de “suar a camisa”.