O que está buscando?

Os velocistas Felipe Bardi, Lucas Vilar e o técnico Darci Ferreira carimbam passaporte para Tóquio

Os atletas garantiram a classificação para representar o Brasil nos Jogos Olímpicos. O técnico da equipe de atletismo do Sesi-SP também foi convocado.

 Por: Elaine Casimiro, Sesi Santo André
14/07/202110:44- atualizado às 13:57 em 14/07/2021

Do Sesi para o Mundo! Os velocistas, Felipe Bardi dos Santos e Lucas Conceição Vilar vão representar o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Bardi, 22 anos, foi convocado para duas provas: 100m e revezamento 4x100m. Lucas, 20 anos, defenderá a seleção na prova dos 200m. “O melhor momento da minha vida e carreira. Um sonho de criança se realizando que é representar o Brasil nos Jogos Olímpicos”, declarou Felipe, atleta do Sesi-SP há sete anos.

Lucas também sonhou em estar na Olímpiada quando assistiu aos jogos do Rio 2016, na época com 15 anos. “Coloquei no meu coração e falei que um dia eu estaria em uma olimpíada. Mas esse sonho veio tão rápido que estou surpreso até agora.  Agradeço muito a Deus, aos meus treinadores e ao Sesi por essa rica oportunidade”, disse Vilar que treina no Sesi há dois anos.

O treinador dos atletas e que comanda a equipe de atletismo no Sesi Santo André, Darci Ferreira também foi convocado pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) e vai integrar a comissão técnica da delegação brasileira de atletismo na sede de Saitama onde será a base do atletismo nos jogos até a reta final de preparação.

“Essa é a realização de um sonho, uma conquista da família Sesi porque nós temos muito orgulho de vestir uniforme porque sabemos que a nossa instituição representa educação por meio do esporte, educação para vida. São sonhos de meninos, meninas e de vários atletas nas categorias de base até o alto rendimento e tudo isso é uma coroação desse trabalho”, disse Darci.

Bardi já está com o time Brasil no camping internacional, acompanhado pelo técnico Darci, para etapa final de preparação em um dos principais centros de treinamento do mundo em Rio Maior, situado a 75 km da capital de Lisboa, em Portugal.

Vilar treina junto à equipe do Sesi em Santo André com supervisão da treinadora Rosana Soares, visando chegar em sua melhor forma no Japão para integrar o time Brasil. “Os treinos agora continuam focados. É o momento de ajustar toda a técnica para poder chegar 100% preparado”, relatou Lucas.

A delegação brasileira embarca rumo à capital japonesa no dia 16 de julho. As provas do atletismo começam no dia 29 de julho e vai até o dia 8 de agosto.

“A expectativa é chegar em uma final olímpica e, se tudo der certo, conquistar uma medalha. No revezamento está cada vez mais evidente que podemos chegar no pódio. Todo mundo está correndo muito bem, as passagens de bastão estão melhores ainda e acredito que a gente tem chance de trazer uma medalha de ouro para o Brasil”, declarou Felipe.

Principais títulos

Lucas Conceição Vilar

- Campeão brasileiro Sub-18 e Sub-20

- Tricampeão Sul-Americano

- Em 2018, bronze nos Jogos Olímpicos da Juventude, em Buenos Aires

- Em Marrocos foi vice-campeão Mundial Escolar em 2018

- Duas medalhas de bronze no Pan-Americano na Costa Rica, em 2019

- Em 2021, prata no Sul-Americano de Atletismo Adulto em Guayaquil, no Equador


Felipe Bardi dos Santos

- Campeão Mundial Escolar em Wuhan, na China em 2016

- Em 2019, campeão e vice-campeão no Sul-Americano Adulto

- Campeão no Grande Prêmio Brasil de Atletismo em 2020

- Em 2020, vice-campeão do Troféu Brasil Caixa de Atletismo

- Duas medalhas de ouro no Campeonato Brasileiro Caixa de Atletismo Sub-23

- Em 2021, participou do Campeonato Mundial de Revezamentos na Polônia

- Três medalhas de ouro no Campeonato Sul-Americano Adulto em 2021

- No último Troféu Brasil Caixa de Atletismo foi duas vezes vice-campeão

Leia também